Notícias

O Festival

Idealizado por Luiz Felipe Gabriel, Jaime Sautchuk, Adnair França e Luís Gonzaga, o Fica despontou em 1999 como marco de um novo momento da cultura em Goiás, sob a coordenação geral do cineasta João Batista de Andrade. A pouco mais de dois meses da data de sua realização (2 a 6 de junho de 1999), João Batista produziu o regulamento, estabeleceu a premiação – cada prêmio homenageia uma personalidade da cultura goiana – e criou o formato final do festival, entre outras providências. O Fica, que acontece na Cidade de Goiás, berço cultural do Estado, adquiriu solidez e independência, marcando-se como um dos mais importantes acontecimentos do calendário cinematográfico mundial. Desde a primeira edição, o festival tem descrito uma trajetória de crescimento e consolidação. Uma das causas dessa ascensão é o fato de possuir a maior premiação da América Latina no gênero: R$ 240 mil em prêmios.

Cidade de Goiás

Em 1683, Bartolomeu Bueno da Silva, a frente de numerosa bandeira, da qual fazia parte seu filho, de igual nome, chegou ate o rio das Mortes, seguindo o roteiro que Manuel Correia traçara em 1647. Ali, com o auxilio do bandeirante Pires de Campos, que Ihe indicou um guia, atingiu as cabeceiras de um rio que depois se chamou rio Vermelho. Foi nesse local que Bartolomeu usou a artimanha do prato de aguardente com fogo para impressionar os nativos, sendo cognominado Anhanguera – diabo velho. De regresso, alem de ouro, trouxe grande numero de índios cativos. Cerca de quarenta anos depois, Bartolomeu Bueno da Silva Filho foi incumbido, pelo governo de São Paulo, de chefiar uma bandeira de cem homens, com o fim de localizar o lugar onde estivera com seu pai. Tendo encontrado o aldeamento dos índios guaiases, ou Goiás, e vestígios da roca cultivada pelo Anhanguera, fundou, em 1726, o arraial da Barra, hoje Buenolândia, e no ano seguinte, os de Ouro Fino, Ferreiro e Santana, originando-se deste ultimo a atual cidade.

Paisagem Goiás

Foi sede administrativa da Capitania e do Estado de Goiás, de 1744 ate 1937, quando se deu a transferência oficial da Capital estadual para Goiânia. O distrito e freguesia foram criados em 1729, com a denominação de Santana de Goiás. Por fora da Carta regia datada de 11 de fevereiro de 1736, foi criado o Município, que recebeu o nome de vila Boa de Goiás, instalado em 25 de julho de 1739. Em 8 de novembro de 1744, recebeu qualidade de sede administrativa da Capitania de Goiás, por fora do Alvará que a criou. Jeroaquara, Mozarlândia e Uva; e 8 povoados e é sede de comarca de 3ª entrância. A sede municipal coube foros de cidade, e o topônimo do Município foi simplificado para Goiás, por efeito da Carta de lei de 17 de setembro de 1818. Perdeu a qualidade de sede de governo em obediência ao Decreto estadual n.° 1 816, de 23 de marco de 1937, que oficializou a transferência da Capital do Estado para Goiânia. Depois de uma serie de desmembramentos, para formação de novos Municípios, conta 8 distritos: Goiás (sede), Buenolândia, Caiçara, Davinópolis, Itaiú.

Turismo

Agência de Viagens e Turismo

Amatur
Endereço: Agência de Viagem, Rua São Paulo, 30-A
Telefone: (62) 3371 – 3774 ou 8505 – 9455
www.amatur.com.br

Hotéis / Pousadas / Hostel

Ipê Turismo Sustentável
Endereço: Rua Dom Cândido, 24 ao lado da Casa de Cora Coralina
Telefone: (62) 3371 – 2277 ou 8494 – 7764
www.ipeturismosustentavel.com.br

Restaurantes / Lanchonetes / Bares

Amatur
Endereço: Agência de Viagem, Rua São Paulo, 30-A
Telefone: (62) 3371 – 3774 ou 8505 – 9455
www.amatur.com.br

Loja de Produtos Artesanais

Amatur
Endereço: Agência de Viagem, Rua São Paulo, 30-A
Telefone: (62) 3371 – 3774 ou 8505 – 9455
www.amatur.com.br

Contato