Resplendor

O Reformatório Krenak, o presídio indígena da ditadura militar brasileira, foi construído no município de Resplendor (Minas Gerais), dentro do território Krenak, para aprisionar exclusivamente indígenas. Centenas de indígenas, especialmente lideranças da luta pela terra, de diversas partes do país foram presos e torturados. Os militares também proibiram a prática da cultura indígena como os rituais ancestrais. Esses fatos permaneceram desconhecidos até a investigação feita pela Comissão Nacional da Verdade (CNV), que revelou graves violações de direitos humanos praticados pela ditadura militar. Ao abordar a militarização da política indigenista brasileira, o documentário torna visível a volta da mesma ideologia anti-indígena com a ascensão do governo de extrema direita de Jair Bolsonaro e seus ataques aos direitos dos povos indígenas. A história se repete.

Realizadores: Claudia Nunes e Erico Rassi
Minutagem: 51min08s

Ficha Técnica

Direção: Claudia Nunes e Erico Rassi
Roteiro: Claudia Nunes e Erico Rassi
Dir. de fotografia: Cris Lyra
Produção: Luana Otto e Cristiane Miotto
Som direto: Elder Patrick
Edição de som: Ricardo Reis (ABC) Miriam Biederman (ABC)
Montagem: Eduardo Aquino Pesquisa: Carla Siqueira

Classificação Indicativa:

12

Juri Popular

Seu voto é muito importante! Escolha apenas 1 filme que na sua opinião merece ser premiado nessa edição.